Seagull

Espaço comercial – Ericeira – 2012

Dizem que é em tempos de crise que se plantam os melhores negócios. É nisso que acredita esta nova marca e loja, criada de raiz, a pensar na Ericeira.

0-loja-seagull-capa(2)

Seguindo a sua estratégia de crescimento, uma pequena – ainda que consolidada – empresa da região de Lisboa, recorreu ao seu enorme conhecimento da Ericeira para lançar uma nova marca totalmente inspirada na própria vila.

A POLIGONO foi convidada a participar em todo o processo criativo, desde uma estreita colaboração na definição da própria marca, efectuada pelo próprio cliente, até ser finalmente encarregue de desenhar e construir a própria loja.

0-loja-seagull-capa

A marca teve nas ‘gentes’ da Ericeira a sua principal referência inspiradora: tanto os pescadores com os seus barcos e grossas camisas de flanela quadriculada como a tribo surfista, sobretudo aquela que desde já está identificada com o destino Ericeira e as suas particulares ondas. Alguma fauna da região, e a forte influência da vizinha região do Oeste acabariam por definir o restante.

2-loja-seagull-geral

A proposta de arquitectura e construção, integralmente levada a cabo pela própria equipa da POLIGONO, teve a duração de uma semana, e contemplou vários eixos de actuação:

- Reinterpretação e homogeneização dos materiais presentes no chão e nichos e iluminação, num mesmo desenho integrado. Mediante a aplicação de um mesmo contraplacado de choupo, é criado um novo background para o espaço, que ademais serve desde logo como expositor, ancoragem de iluminação e armazém técnico

- Selecção de móveis ‘simbólicos’ antigos, que respondessem ao programa propriamente dito – armazenagem mediante grande móvel de alfaiate, elegante mesa para balcão de atendimento, poltrona de couro e um par de cadeiras e mesas conferindo o almejado conforto.

- Design singular de soluções reinterpretadas a partir de materiais com outras funções – carimbos de repartição de finanças, pregos martelados com mais de um século como cabides, peças vinícolas reinterpretadas como degraus, portas como expositores e máscaras venezianas de gaivotas como modelos de exposição.

9-loja-seagull-processo2

10-loja-seagull-detalhe

loja-seagull-mesas

1-loja-seagull-sofa-manequim2

4-loja-seagull-porta

Para mais fotografias da obra, visita o nosso TUMBLR!

Coordenação: POLIGONO Arquitectura e Construção:  André Albuquerque, Marta Leitão, Pedro Snow, Raquel Dias Ferreira, Design de marca e Ilustração: João Pereira Fotografia: Inês Amorim e POLIGONO  Cliente: Brandmix